Child pages
  • Notas de lançamento do AOO 4.1.5
Skip to end of metadata
Go to start of metadata

Notas de lançamento do Apache OpenOffice 4.1.5

Traduções:  Holandês (nl) | Francês (fr)German (de) | Italiano (it) | Polaco (pl)

Comentários gerais

Apache OpenOffice 4.1.5 é uma versão de lançamento feita para corrigir algumas regressões e fornecer os últimos dicionários de Inglês. Todos os utilizadores do Apache OpenOffice 4.1.4 ou anteriores são aconselhados a actualizar. Pode transferir o Apache OpenOffice 4.1.5 no local habitual. Por favor, reveja as notas de lançamento para saber o que há de novo nesta versão, assim como conhecer comentários importantes com respeito a problemas conhecidos e suas respectivas soluções.

Utilize só a página original "https://www.openoffice.org/download/" para transferir. Os programas instalados podem ser verificados na caixa Acerca (veja o menu "Ajuda - Acerca do OpenOffice) comparando os números com os dados de referência na página de transferências (veja o texto na caixa verde claro). Para o Apache OpenOffice 4.1.5 têm de ser "AOO415m1 | ID da versão 9789 | SVN r1817496".

Melhorias

  • Reparações de erros
  • Actualização dos dicionários de Inglês

Erros reparados

  • BZ 127568 Diagramas ficam corrompidos (não recuperável) ao gravar um documento do Calc 
  • BZ 127580 Reparado o erro 127568 que criava um novo erro no Base
  • BZ 127581 o Writer rebentava após copiar todo o conteúdo

Para um resumo geral completo de todos os problemas resolvidos, por favor veja a lista no Bugzilla.

Suporte de idiomas

Traduções actualizadas

Não há novos idiomas nem actualizações aos existentes

Dicionários actualizados

Inglês (en-GB)

 

Para uma lista completa de idiomas disponíveis e pacotes de idioma, veja a página web de transferências (clique na lista pendente).

Suporte a plataformas

São fornecidos binários para as mesmas plataformas que as versões anteriores do OpenOffice 4.x:

  • Windows
  • macOS
  • Linux 32-bit (RPM e DEB)
  • Linux 64-bit (RPM e DEB)

Problemas conhecidos

Para utilizadores macOS:

  • O Apache OpenOffice 4.1.5 será marcado pelo Gatekeeper em Mac OS X. Esta é uma funcionalidade para evitar malware em sistemas recentes Mac OS X.
    • Para Mac OS X até ao 10.11 "El Capitan": há um procedimento explicado na hiperligação seguinte, que autoriza aplicações não instaladas a partir da Mac App store a serem executadas. Veja o artigo do suporte Mac.
    • Para Mac OS X 10.12 "Sierra": no Finder, faça Ctrl-clique ou clique direito no ícone da aplicação. Seleccione Abrir ao cimo do menu contextual que surge. Clique em Abrir no diálogo seguinte. Se perguntado, insira o nome de administrador e a senha. Só é necessário a primeira vez que inicia o Apache OpenOffice.
    • Devido a um conhecido problema das instalações Oracle Java do Apache OpenOffice em OS X que não têm a versão antiga Apple Java 6 instalada, as versõesOracle Java 7 e 8 não podem ser reconhecidas. Se não puder actualizar para o Java 9, instale a versão antiga do Apple Java a partir desta ligação: Legacy Apple Java 6. Assim permitirá que as secções do AOO que necessitam do Java executem adequadamente.

Para utilizadores Windows:

  • O Apache OpenOffice 4.1.5 suporta Java 8, que é a configuração recomendada; mas (especialmente em Windows 64-bit) poderá receber avisos sobre a versão Java ser defeituosa. Nesses casos, transfira e instale o Microsoft Visual C++ 2010 Redistributable Package.

Para programadores:

  • O OpenOffice SDK não funciona com Java 8. Compile com --disable-odk ou veja os arquivos da lista de programadores para possíveis soluções.

Informação de instalação

As instruções de instalação podem ser encontradas em: https://www.openoffice.org/download/common/instructions.html

Mantenha-se informado acerca do Apache OpenOffice

Encorajamos a subscrição da lista de anúncios do Apache OpenOffice para receber notificações importantes, tais como actualizações do produto e reparações de segurança. Para subscrever, pode enviar um email para: announce-subscribe@openoffice.apache.org.

Também pode seguir o projecto no Twitter, Facebook, Google+ e YouTube.

 

 

  • No labels